Músicas e Cifras

Confira as letras e cifras das músicas do álbum Lugar de Origem, lançado pela Gravadora Novo Tempo no meio do ano de 2015.

Saudade
Ver Cifra

Comendo lavagem, jogado no chão
Eu troquei tudo por ilusão
Saudade do pai, saudade do amor
Saudade de tudo que o ego roubou

Ainda lembro das broncas do meu irmão
Da minha mesa farta de pão
Do seu abraço acolhedor
E do cheiro do meu cobertor

Ainda lembro de quando tudo era bom
De quando tinha tudo nas mãos
Mas o orgulho me enganou
E agora, aqui estou

Comendo lavagem, jogado no chão
Eu troquei tudo por ilusão
Saudade do pai, saudade do amor
Saudade de tudo que o ego roubou

Ainda lembro das broncas do meu irmão
Da minha mesa farta de pão
Do seu abraço acolhedor
E do cheiro do meu cobertor

Ainda lembro de quando tudo era bom
De quando tinha tudo nas mãos
Mas o orgulho me enganou
E agora, aqui estou

Comendo lavagem, jogado no chão
Eu troquei tudo por ilusão
Saudade do pai, saudade do amor
Saudade de tudo que o ego roubou

Comendo lavagem, jogado no chão
Eu troquei tudo por ilusão
Saudade do pai, saudade do amor
Saudade de tudo, tudo

Mas, de longe me avistou
Correu e me abraçou
Uma festa preparou

Deixei a lavagem, deixei o meu chão
Deitei em seus braços, comi o seu pão
De volta pro pai, de volta pro amor
De volta pra tudo, tudo

Deixei a lavagem, deixei o meu chão
Deitei em seus braços, comi o seu pão
De volta pro pai, de volta pro amor
De volta pra tudo que o ego roubou

Sentido
Ver Cifra

Tantos rótulos me dei
Tantas máscaras vesti
Pra ser alguém sem Ti
Mas agora eu descobri
Que esse alguém só faz sentido em Ti
Como o peixe pro mar, como as aves pro céu
Como ouvidos para ouvir
Eu só existo em Ti

Vem pra mim, meu Senhor
Vem em mim
Em meu coração reinar, vem em mim morar
Vem pra mim, meu Senhor
Vem em mim
Em meu coração reinar, vem em mim morar
Em meu coração reinar, em mim vem morar

Tantos rótulos me dei
Tantas máscaras vesti
Pra ser alguém sem Ti
Mas agora eu descobri
Que esse alguém só faz sentido em Ti
Como o peixe pro mar, como as aves pro céu
Como ouvidos para ouvir
Eu só existo em Ti

Vem pra mim, meu Senhor
Vem em mim
Em meu coração reinar, vem em mim morar
Vem pra mim, meu Senhor
Fica aqui
Em meu coração reinar, vem em mim morar

Vem pra mim, meu Senhor
Vem pra mim, meu Senhor Jesus
O meu Jesus

Vem pra mim, meu Senhor
Vem em mim
Em meu coração reinar
Em mim vem morar

Quando o Galo Canta
Ver Cifra

Sentado a beira mar
Bem perto da fogueira
O mestre me explicou que...
O que aconteceu naquela madrugada
Não precisava mais me machucar

Pois quando o galo cantou
Não foi o fim
Não acabou
Mas foi começo, recomeço
Que não preciso olhar pra trás

Pois quando o galo cantou
O tempo voltou
Um novo dia começou
E meu ontem não existe mais
Oh oh oh oh oh oh oh oh oh

Sentado a beira mar
Bem perto da fogueira
O mestre me explicou, me perdoou
O que aconteceu naquela madrugada
Não precisava mais me machucar

Pois quando o galo cantou
Não foi o fim
Não acabou
Mas foi começo, recomeço
Que não preciso olhar pra trás

Pois quando o galo cantou
Meu tempo, Deus zerou
Um novo dia começou
E meu ontem não existe mais
Pois quando o galo cantou
Meu tempo voltou
Um novo dia começou
E meu ontem já ficou pra trás

Não preciso ficar preso as madrugadas
Porque ele me cobriu com sua graça
Me perdoou, me abençoou
Meu ontem caducou

Pois quando o galo cantou
Meu tempo voltou
Um novo dia começou
E meu ontem caducou
Pois quando o galo cantou
Meu tempo Deus zerou
Um novo dia começou
E meu ontem não existe mais

Lugar de Origem
Ver Cifra

Grandes casas construí
Fortalezas eu ergui
Buscando ilusões pra me sentir completo
Prazer algum a mim neguei
Cai no poço que cavei
Tentando encontrar o que só há no eterno

Tu és a minha residência
Lugar de origem, procedência
Só em ti a vida é vida plena
Encontro em ti resiliência
Não perco a forma na tormenta
Castelo forte, minha rocha eterna

Grandes casas construí
Fortalezas eu ergui
Buscando ilusões pra me sentir completo
Prazer algum a mim neguei
Cai no poço que cavei
Tentando encontrar o que só há no eterno

Tu és a minha residência
Lugar de origem, procedência
Só em ti a vida é vida plena
Encontro em ti resiliência
Não perco a forma na tormenta
Castelo forte, minha rocha eterna

O meu coração está inquieto, quer descansar em ti
Pois só em teus braços há plenitude

Tu és a minha residência
Lugar de origem, procedência
Só em ti a vida é vida plena
Encontro em ti resiliência
Não perco a forma na tormenta
Castelo forte, minha rocha eterna

E Se...


Ver Cifra

Eu não vi o mar se abrir
Eu não vi o coxo andar
Também não vi gigante cair
Mas escolhi confiar

Eu não vi Jesus ressuscitar
Também não vi o pão multiplicar
Mas pela fé que o justo viverá

Muitos duvidam e zombam de mim:
Teu Deus não existe não vai te ouvir
Mas isso não vai me abalar
Pois a fé não consiste no que posso ver
Mas crer que o impossível vai acontecer
Me ajude a crer

E se o mar não abrir
E o faraó me alcançar
Eu não vou desistir
Não vou duvidar
E se o gigante não cair
Se a fornalha me queimar
Mesmo que eu morra aqui
Sei que amanhã vou acordar

Eu não vi o mar se abrir
Eu não vi o coxo andar
Também não vi gigante cair
Mas escolhi confiar

Eu não vi Jesus ressuscitar
Também não vi o pão multiplicar
Mas pela fé que o justo viverá

Muitos duvidam e zombam de mim
Teu Deus não existe não vai te ouvir
Mas isso não vai me abalar
Pois a fé não consiste no que posso ver
Mas crer que o impossível vai acontecer
Bem aventurado quem crê sem ver

E se o mar não abrir
E o faraó me alcançar
Eu não vou desistir
Não vou mais duvidar
E se o gigante não cair
Se a fornalha me queimar
Mesmo que eu morra aqui
Sei que amanhã vou acordar

Vem me ajudar a confiar
Eu não consigo, Senhor
Prometo e minto, Senhor
Não aguento mais confiar em mim

E se a doença não curar
E o emprego não vingar
E o filho não voltar
Mesmo se meu barco naufragar
Mesmo se minha empresa afundar
Mesmo que eu morra aqui
Sei que amanhã vou acordar

E se o mar não abrir
E o faraó me alcançar
Eu não quero desistir, Senhor
Não quero mais duvidar
E se o gigante não cair
Se a fornalha me queimar
Mesmo que eu morra aqui
Sei que amanhã vou acordar

Laodicéia
Ver Cifra

Já faz tempo que não temos relacionamento
Trocaram o evangelho pelo entretenimento
Não quero show, mas um povo cheio do amor

Procuro um povo que me adora em verdade
Pois quero culto e não palco de vaidades
Não quero amor fingido, mas quero um povo unido
Conheço bem suas obras, e sei que é tão morna
Tá na hora de esquentar

Laodiceia enxerga logo essa nudez
Laodiceia esquenta logo de uma vez
Laodiceia enxerga logo essa nudez
Laodiceia esquenta logo de uma vez

Estou à porta e bato
Quem me ouvir e abrir, eu salvo

Eu repreendo e disciplino a quem eu amo
O vencedor sentarás comigo no meu trono
Quero te dar colírio, pra enxergar sem filtro

Procuro um povo que reflita minha glória
Que tratem uns aos outros cheios de misericórdia
Não quero amor fingido, mas quero um povo unido
Estou batendo à porta, quase ninguém se importa
Esquecem que eu vou voltar

Laodiceia enxerga logo essa nudez
Laodiceia esquenta logo de uma vez
Laodiceia enxerga logo essa nudez
Laodiceia desperta logo de uma vez

Estou à porta e bato
Quem me ouvir e abrir, eu salvo

Já faz tempo que não temos relacionamento
Trocaram a verdade pelo próprio entendimento

Nem Sempre Foi Assim


Ver Cifra

Até quando vamos competir?
Até quando vamos nos destruir?
Fomos feitos uns pra os outros
Se morre um, morre uma parte de todos.

Mas nem sempre foi assim
Éramos parte do jardim
Tudo estava em harmonia, perfeita comunhão
Era vida

Mas alguém destruiu a nossa vida
Destruiu a harmonia
E nós entregamos o ouro pro bandido
E tudo foi perdido

Mas nem sempre foi assim
Éramos parte do jardim
Tudo estava em harmonia, perfeita comunhão
Era vida

Mas O Eterno entregou seu próprio filho
Pra nos tirar das mãos do bandido
Então na cruz o filho deu a sua vida
Pra restaurar a harmonia

Não vai ser pra sempre assim
Estamos voltando pro jardim

Livre
Ver Cifra

Antes separado pela culpa do meu pecado
Era um escravo
Mas um dia me chamou de filho
E fui liberto, resgatado

E não há escravidão para os que em Cristo estão
E por meio dele livre sou

Eu sou livre, sou livre
Eu fui comprado na cruz, por meu amado Jesus
Eu sou livre, sou livre
Por sua graça fui salvo, fui transformado
E hoje sou livre

Antes separado pelos erros do meu passado
Fui condenado
Mas um dia ouvi tua voz de pai
E fui liberto, resgatado

E já não há condenação para os que em Cristo estão
E por meio dele livre sou

Eu sou livre, sou livre
Eu fui comprado na cruz, por meu amado Jesus
Eu sou livre, sou livre
Por sua graça fui salvo, fui transformado
E hoje sou livre

Nada vai me separar desse amor que me salvou
Por sua graça tenho livre acesso à ele
Nada vai me intimidar, porque convencido estou
De que sou amado com eterno amor

Eu sou livre, sou livre
Eu fui comprado na cruz, por meu amado Jesus
Eu sou livre, sou livre
Por sua graça fui salvo, fui transformado
E hoje sou livre

Filho
Ver Cifra

O dia amanhasse me pergunto onde estou
O que sou o que pensas de onde venho pra onde vou
De quantas feridas eu vou me lembrar
Pra ver tua mão tentando me alcançar

Me descubro sendo fraco, dependente sem abrigo
Me desfaço de mim mesmo, me descubro sendo filho

Morre o que sobra em mim, fica o seu amor
O filho se entrega pra salvar o outro que é pecador

Tua Graça renasce em mim, a certeza de ser teu
O filho que salva quem do caminho se perdeu
Que teu amor esteja em meu olhar
Pra que eu ilumine o outro caminhar

Me descubro sendo fraco, dependente sem abrigo
me desfaço de mim mesmo, me descubro sendo filho

Morre o que sobra em mim, fica o seu amor
O filho se entrega pra salvar o outro que é pecador


Me descubro sendo fraco, dependente sem abrigo
me desfaço de mim mesmo, me descubro sendo filho
Cansei de mim


Ver Cifra

Muda meu nome
Quero ser antônimo de mim
Me dá Teu nome, pra eu ser sinônimo de Ti
Não quero ser mais eu
Não quero ser mais meu
Que morra o que sou, transborde o 'Grande Eu Sou'
Pra sempre em mim

Sou uma mentira
Prometo e falho em cumprir
Sou a própria hipocrisia
Usando máscaras pra fingir
Não quero vida mortal
Quero uma morte vital
Perder para vencer, morrer para viver pra sempre
Junto de Ti

Pois minha vontade me condena
Desde quando eu nasci
Perdão, Senhor, por fugir
Prometer e não cumprir
Cansei de mim, cansei de mim
Que morra o que sou, transborde em mim o 'Grande Eu sou'
Pra sempre
Pois cansei de mim

Entrego os pontos
Não aguento mais confiar em mim
Não quero ser mais eu
Não quero ser mais meu
Que não mais vejam eu
Mas vejam Cristo em mim
Pra sempre
Pois cansei de mim
Cansei de mim

Siga meu instagram

@jefersonpillar
Acompanhe as novidades de perto, comentem nas fotos e compartilhe com seus amigos.

Aqui estão as minhas últimas fotos.


home_biolab_arrow_left